A ASCESE ERÓTICA DE DIOTIMA NO BANQUETE DE PLATÃO

Jessyca Aragão de Freitas

Resumo


A hipótese que pretendemos desenvolver nesta pesquisa diz respeito à função mediadora exercida pelo éros platônico sobre a relação humana com as realidades auto-subsistentes, tal como apresentada pelo filósofo no Banquete. Nesse sentido, procuramos esclarecer o meio pelo qual éros é capaz de efetuar uma união do “todo consigo mesmo”, ligando o âmbito das coisas corpóreas ao âmbito das realidades inteligíveis, através da ascese erótica dirigida ao Belo-em-si expressa por Diotima na última parte de seu discurso, compreendendo a lógica dos processos cognitivos que operam nessa scala amoris que, através de um raciocínio de causa, pretende alcançar a ciência do Belo-em-si.


Palavras-chave


Platão, Diotima, Éros, Ascese, Belo.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.