DÉTOURNEMENT E COMUNICAÇÃO HISTÓRICA: O (CONTRA) CINEMA DE GUY DEBORD

Davi Galhardo

Resumo


O presente artigo tem por objetivo demonstrar a relação existente entre textos teóricos e filmes produzidos por Guy Debord, considerando-os como meios de compreensão, resistência e comunicação frente a sociedade espetacular. Nossa tese é que existem traços comuns nos trabalhos do autor francês, executados a partir do método do desvio (détournement), tanto na forma escrita quanto na forma audiovisual, sendo ambas as formas momentos de um único e mesmo projeto estratégico de enfrentamento das condições gerais do capitalismo tardio. Clarificando que a teoria crítica, para além de ser prática, deve estar dotada de unidade em suas diversas manifestações.

Palavras-chave


Sociedade do Espetáculo; Cinema; Desvio

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.