PROCESSO SELETIVO DE NOVOS MEMBROS PARA CORPO EDITORIAL.

tiket kereta toko bagus berita bolaterkini anton nb Aneka Kreasi Resep Masakan Indonesia resep masakan menghilangkan jerawat puncak pass resort recepten berita terkini game online hp dijual

Processo Seletivo Ordinário Abril/2016

 

Chamada seletiva para o Corpo Editorial da Revista Eletrônica de História dos Discentes da Graduação e do Mestrado da Universidade Estadual do Ceará.

Revista de História Bilros: História(s), Sociedade(s) e Cultura(s).

 

 

A Revista Eletrônica de História da Universidade Estadual do Ceará - Bilros - convoca os graduandos e graduados do Curso de História da Universidade Estadual do Ceará (UECE) bem como os mestrandos e mestres do Mestrado Acadêmico em História (MAHIS) da mesma instituição, para participarem do processo de seleção de novos membros do Corpo Editorial da Revista Eletrônica de História Bilros. Tendo em vista o lançamento de 5 (cinco) números de nossa revista desde a sua inauguração, assim como o remanejamento e a saída de alguns componentes, faz-se necessária a abertura de uma chamada para novos membros, os quais terão por período de vigência o tempo de 2 (dois) anos. Para concorrer à vaga no Corpo Editorial da Revista Bilros, os alunos e ex-alunos da UECE deverão submeter-se ao processo seletivo que se iniciará ao dia 15 de Abril do presente ano mediante normas e condições especificadas neste edital.

 

 

 

1.  INFORMAÇÕES GERAIS

A Revista Eletrônica de História dos Discentes da Graduação e do Mestrado da Universidade Estadual do Ceará, Revista de História Bilros, foi gestada entre os anos de 2011/2012 por iniciativa dos estudantes deste referido curso tendo em vista a necessidade de estimular e compartilhar o amadurecimento das pesquisas dos alunos da Universidade Estadual, bem como, as demandas acadêmicas do interior e demais localidades, visando, também, auxiliar na formação de profissionais comprometidos com o desenvolvimento científico, social e ético. Já tendo publicado um total de 5 (cinco) números, e atualmente preparando sua 6° publicação, a Revista de Historia Bilros se destaca por apresentar uma política editorial bastante representativa – publicando textos de graduandos a doutores. O termo “Bilros” foi escolhido em meio às discussões sobre o caráter da revista. Em meio à tessitura do fazer historiográfico, os saberes e as práticas se misturam e se confundem na narração histórica em um processo científico. Aqui compreendido como uma metáfora à renda de Bilros, esse processo constitui-se na medida em que os fios manejados pelas rendeiras, em consonância com o trato dos historiadores com suas fontes, tecem e constroem as histórias de homens, de grupos, de sociedades e de culturas no tempo histórico. 

2.  DAS ATRIBUIÇÕES DO CORPO EDITORIAL

2.1. Participar das reuniões da Revista;

2.2. Decidir e aprofundar os estudos das temáticas semestrais da Revista;

2.3. Lançar os editais e chamadas de artigos e de seleção de novos membros;

2.4. Gerir e aprofundar os estudos das temáticas dos dossiês lançados pela Revista, quando houver necessidade;

2.5. Convidar professores de outras instituições e outros estados para compor o Conselho Consultivo na qualidade de pareceristas ou ad hoc;

2.6. Receber, apreciar e coordenar a avaliação dos artigos e decidir quando da sua publicação.

2.7. Contribuir com a divulgação da Revista;

2.8. Gerir os veículos de comunicação da Revista;

2.9. Observar o andamento dos prazos e das atividades da Revista;

2.10. Escolher entre seus membros uma Coordenação Editorial responsável por cada número da revista, a quem caberá: a) receber os textos submetidos para o número sob sua responsabilidade; b) distribuir os textos entre os pareceristas por área de reflexão; c) receber os textos dos pareceristas e encaminhar aos autores para alterações quando for o caso; d) verificar se as alterações aos textos foram devidamente realizadas quando solicitadas pelos pareceristas; e) encaminhar para diagramação e publicação.

 

3.  DAS ESPECIFICIDADES DO CORPO EDITORIAL

3.1. O período de exercício junto ao corpo editorial se dará por até quatro (04) números da revista ou dois (02) anos, havendo possibilidade de recondução por mais uma única vez;

3.2. O trabalho do componente do Corpo Editorial é voluntário e não remunerado.

 

4.  DOS PRÉ-REQUISITOS

4.1. O Corpo Editorial será formado por número de dez (10) a vinte (20) membros, entre graduandos e graduados do curso de História da Universidade Estadual do Ceará (UECE); mestrandos e mestres oriundos do Mestrado Acadêmico em História e Culturas (MAHIS); e demais categorias especificadas no presente edital;

4.2. O conselho editorial poderá ter a participação de representantes dos demais cursos de História da UECE na seguinte proporção: 1 (um) da FAFIDAM; e/ ou 1 (um) da FECLESC; e/ ou 1 (um) representante dos demais cursos de graduação do Centro de Humanidades da UECE;

4.2.1. Estes candidatos concorrerão dentro das vagas destinadas à graduação em ampla concorrência.

4.3. Para os alunos da Graduação é preciso estar regulamente matriculado a partir do 4º semestre;

4.4. Os graduados precisam ter concluído a sua graduação na Universidade Estadual do Ceará em até 2 (dois) anos quando da inscrição à seleção;

4.5. Os mestrandos precisam estar matriculados no Mestrado em História e Culturas (MAHIS) da Universidade Estadual do Ceará;

 

5.  DAS  VAGAS

5.1. Serão destinadas 6 (seis) vagas para graduandos da UECE, desde que atendidas às exigências acima;

5.2. Serão destinadas 2 (duas) vagas para graduados, desde que atendidas às exigências acima;

5.2.1. Caso não haja inscritos nesta categoria, as vagas disponíveis para graduados poderão ser remanejadas para os alunos de graduação;

5.3 Serão destinadas 4 (quatro) vagas para mestrandos, desde que atendidas às exigências acima.

 

6.  DO PROCESSO DE SELEÇÃO

6.1. Análise do Currículo Lattes; (O Currículo Lattes deverá estar acompanhado dos devidos comprovantes – certificados, declarações - para validar as informações descritas no currículo);

6.2. Entrevista.

 

7.  DAS DATAS DOS PROCESSOS SELETIVOS

7.1. Data de Lançamento do Edital: 15 de Abril de 2016;

7.2. Data final para entrega do Currículo Lattes (com os devidos comprovantes) na coordenação do curso de História da UECE: 11 de Maio de 2016;

7.2.1. Os currículos e seus comprovantes devem ser lacrados em envelope, com identificação do candidato e endereçados ao Editor-Chefe: Francisco José Gomes Damasceno;

7.3. Resultado da Análise dos Currículos: 20 de Maio de 2016;

7.4. Data das entrevistas: 01 e 02 de Junho de 2016; 

7.4.1. As entrevistas ocorrerão na sala do DICTIS entre as 13:00 hs às 18:00 hs;

7.5. Data do resultado do processo Seletivo: 06 de Junho de 2016.

 

8.  DAS PONTUAÇÕES E DA CLASSIFICAÇÃO

8.1. A análise do currículo levará em conta publicações, desempenho acadêmico, experiência com pesquisa, domínio de outros idiomas, experiência docente (em qualquer nível) e organização de eventos, de acordo com a pontuação indicada no quadro seguinte:

 

Título

 

Pontuação

 

     Pontuação máxima

 

Iniciação científica em Grupos de Pesquisa (IC, PRAE).

 

1,0 por ano de bolsa

1,0

 

Experiência de ensino em História, mínimo seis meses.

 

0,5 por semestre

 

 

 

1,0

 

 

 

Experiência em organização de eventos acadêmicos na área de História e afins.

0,5 por evento

 

1,5

Capítulos de livros publicados, com ISBN, na área de História e afins.

0,5 por capítulo

0,5

 

 

 

Artigos publicados em periódicos científicos da área de História e afins.

0,5 por artigo

1,0

 

 

 

Trabalhos completos, na área de História e afins, publicados em anais de Congressos, Seminários e Simpósios.

0,5 por trabalho

1,0

 

 

 

 

 

Monitoria

 

1,0 por ano de bolsa

 

1,0

 

Apresentação de trabalho em eventos acadêmicos na área de História e afins.

0,5 por trabalho apresentado

1,0

 

Resumos de trabalhos, na área de História e afins, publicados em anais de Congressos, Seminários e Simpósios.

 

 

0,5 por resumo

2,0

 

 

 

 

 

TOTAL

10,0

 

       

 

8.2. As entrevistas terão como referências as informações apontadas no currículo Lattes, bem como a disponibilidade de tempo (para se dedicar as atividades da revista) e a habilidade para trabalhar em grupo;

8.3. Serão priorizados alunos com experiência de pesquisa em diferentes áreas do conhecimento, para que dinamizar as edições e possibilitar que diversos temas sejam abordados nas edições da revista.

 

9.  DISPOSIÇÕES COMPLEMENTARES

9.1. A qualquer momento, o presente EDITAL poderá ser revogado ou anulado, no seu todo ou em parte, por motivo de interesse público ou qualquer outra demanda, sem que isso implique direito à reclamação de qualquer natureza;

9.2. Os casos omissos e as situações não previstas no presente Edital serão resolvidos pela Coordenação Editorial da Revista de História Bilros.

 

Fortaleza, Ceará 14 de Abril de 2016.

 

 

Francisco José Gomes Damasceno

Editor Chefe