A EDUCAÇÃO COMO PROJETO ESTATAL - A (RE) CONSTRUÇÃO DA IDENTIDADE NACIONAL NA ERA VARGAS (1930-1945): PRÁTICAS E RITUAIS CÍVICOS.

Carla Camila M. V. de Araújo, Cleidiane da Silva Morais

Resumo


RESUMO

O presente trabalho traz observações e análises sobre a instrução pública na Era Vargas (1930 – 1945), e também procura empreender uma reflexão sobre a reapropriação e o uso social e político da memória coletiva pelo governo de Getúlio Vargas, assim como busca refletir sobre a educação como um dos veículos para a realização do seu programa político nacionalizador e a construção da identidade nacional. Portanto, tem por finalidade descortinar práticas e representações intrínsecas e pertinentes à Era Vargas na cultura escolar e como esses procedimentos governamentais contribuíram para a (re) construção do imaginário social e a invenção de tradições. 

PALAVRAS-CHAVE: Identidade Nacional, Educação, Era Vargas, Rituais Cívicos.

 

EDUCATION AS STATE PROJECT - THE NATIONAL IDENTITY (RE) CONSTRUCTION IN THE VARGAS AGE (1930-1945): PRACTICES AND CIVIC RITUALS.

ABSTRACT

This paper presents observations and analyzes of public education in the Vargas age (1930 – 1945), and also undertakes a reflection on the reappropriation and the social and political use of collective memory by the Vargas government, thus aiming to reflect about education as a vehicle for the realization of his nationalizing political program and the construction of national identity. Therefore, its goal is to uncover practices and intrinsic and relevant representations of Vargas in the school culture and how this government procedures contributed to the reconstruction of the social imaginary and the invention of traditions. 

KEYWORDS: National identity, Education, Vargas, Civic Rituals.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais



ISSN: 2357-8556



INDEXADORES:

         

 

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.