UM EXERCÍCIO ENTRE HISTÓRIA E IMAGEM: A SECA E AS FRENTES DE EMERGÊNCIA EM MONTE HOREBE-PB NA DÉCADA DE 1970

Roberto Ramon Queiroz de Assis

Resumo


O presente trabalho busca problematizar a seca e a política pública assistencial frentes de emergência, criada para minimizar o enfrentamento das secas. O ponto de partida desta pesquisa é a analise de imagens produzidas em frentes de trabalho emergencial, da década de 1970, na cidade Monte Horebe-Paraíba. Para o embasamento teórico metodológico deste texto, no que se refere à imagem considera-se as ideias de Dubois (1993) e Mauad (2005). Busca-se utilizar de obras que versam sobre as secas e as frentes de emergência, em suas dimensões sociais e políticas, entre elas: Ferreira (1993), Neves (2011), Castro (2011) e Silva Brito (2017). Por fim, compreende-se que as vivências de secas possui uma estreita relação com as condições socioeconômicas da região em que ocorreram e, portanto, variante a cada localidade. As imagens como fontes historiográficas nos proporcionam distanciamentos e proximidades do real, que por vez, nos possibilitam criar problemáticas acerca do ato fotográfico em si, como também do fato/evento a qual o ato fotográfico esta inserido, levando em consideração que a imagem representa um vinculo com um momento histórico inserido em contexto social e cultural.

PALAVRAS-CHAVE: Monte Horebe. Seca. Política Pública. Frentes de Emergência. 

AN EXERCISE BETWEEN HISTORY AND IMAGE: DROUGHT AND EMERGENCY FRONT IN MONTE HOREBE-PB, IN THE 1970s

ABSTRACT

The present work aims to problematizing the drought and public policy fronts of emergency, created to minimise the effects of droughts. The starting point of this research is the analysis of images produced on emergency work fronts, in the 1970s, in the city of Monte Horeb-Paraíba. For the methodological theoretical Foundation of this text, as far as the image is concerned, the ideas of Dubois (1993) and Mauad (2005) are considered. He sought to use works that talk about droughts and emergency fronts, in its social and political dimensions, we highlight: Ferreira (1993), Neves (2011), Castro (2011) and Silva Brito (2017). Finally, it is understood that the experiences of droughts have a close relationship with the socioeconomic conditions of the region in which they occurred and therefore variant of each site. The images as historiographical source provide us distances and proximity of the reality, which sometimes allows us to create problems on the photographic Act itself, as well as the fact/event that the Photographic Act is inserted, taking into consideration that the image represents A link with a historical moment inserted in a social and cultural context.

KEY WORDS: Monte Horebe. Drought. Public policy. Emergency Fronts.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Roberto Ramon Queiroz de Assis

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

ISSN: 2357-8556



INDEXADORES:

   

 

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.