ITAPEMIRIM-ES: TERRA DE MIGRANTES E VISITANTES

Laryssa da Silva Machado

Resumo


RESUMO

O presente artigo pretende realizar uma análise da Vila de Itapemirim, região sul do Espírito Santo, partindo do ponto de vista dos que vieram para essa localidade, sendo estes colonizadores, escravos ou viajantes. Essa região teve grande destaque político e econômico durante o século XIX na Província do Espírito Santo, graças às lavouras de cana de açúcar e café. Os fazendeiros locais, muitos deles migrantes, que vieram em busca das terras virgens do Vale do Rio Itapemirim, tornaram-se figuras importantes na política provincial e imperial, caso de Joaquim Marcelino da Silva Lima, o Barão de Itapemirim, que ocupou o cargo de vice-presidente da província por oito vezes. Trouxeram consigo seus cativos, mas muitos outros foram adquiridos ao longo do século XIX, sendo essa região a que mais possuía escravizados africanos no Espírito Santo. A localidade também recebeu a visita de muitos visitantes, que vieram conhecer as fazendas que se destacavam, ou estavam apenas de passagem, mas registraram as belezas, riquezas e desigualdades de Itapemirim. O auge ocorreu em 1860, com a visita de D. Pedro II e todos os conflitos que ocorreram antes e depois de sua viagem.

PALAVRAS-CHAVE: História de Itapemirim; História do Espírito Santo; escravos em Itapemirim; migrantes; visitantes.

ITAPEMIRIM-ES: LAND OF MIGRANTS AND VISITORS

ABSTRACT

This article intends to make an analysis of the Vila de Itapemirim, southern region of Espírito Santo, starting from the point of view of those who came to this locality, being these colonizers, slaves or travelers. This region had great political and economic highlight during the nineteenth century in the Province of Espírito Santo, thanks to the sugar cane and coffee plantations. Local farmers, many of them migrants, who came in search of the virgin lands of the Itapemirim River Valley, became important figures in provincial and imperial politics, in the case of Joaquim Marcelino da Silva Lima, Barão de Itapemirim, who held the position of vice president of the province eight times. They brought with them their captives, but many others were acquired during the nineteenth century, being this region that most had enslaved Africans in the Holy Spirit. The locality was also visited by many visitors, who came to know the farms that stood out, or were just passing through, but recorded the beauties, riches and inequalities of Itapemirim. The peak occurred in 1860, with the visit of Dom Pedro II and all the conflicts that occurred before and after his trip.

KEY WORDS: History of Itapemirim; History of the Holy Spirit; slaves in Itapemirim; migrants; visitors.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Laryssa da Silva Machado

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

ISSN: 2357-8556



INDEXADORES:

   

 

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.