A Ciência no esteio contraditório do Sertão cearense: traços de uma experiência

ALMIR, João Paulo Silva; ARAÚJO, Adéle Cristina Braga; FERREIRA, Maria Jucilene de Souza

Resumo


No ensino superior, sobretudo o universitário, a pós-graduação, principalmente a stricto sensu, a pesquisa cientificamente orientada, entre outros elementos, são apontados pelos especialistas como artifício capaz de impulsionar o desenvolvimento. Sobre o ensino superior, principalmente o privado e o público não-universitário, no Sertão Central, de forma geral, e em Quixadá, de modo destacado, apresenta-se um cenário em franca expansão. Quadro esse que não se consolida, como era de se esperar, sem as contradições de uma sociedade assimétrica e classista. O contexto de expansão do ensino superior no interior do Ceará, apesar de registrar avanços, não é capaz de quebrar a desigual distribuição de riquezas presentes no Estado. Como forma de questionar e debater alguns desses p r o b l e m a s , n a s c e o G r u p o d e P e s q u i s a Tr a b a l h o , Educação, Estética e Sociedade (GPTREES), cadastrado n a  p l a t a f o r m a  L a t t e s  d o  C o n s e l h o  N a c i o n a l  d e Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Este Grupo funciona em articulação com o Laboratório de Pesquisa sobre Políticas Sociais do Sertão Central (Lapps).


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.