POLÍTICA HABITACIONAL BRASILEIRA E CONSTRUÇÃO DO LUGAR: O CASO DO CONJUNTO CEARÁ - FORTALEZA - CE

Evelize Teixeira de Oliveira SOUSA

Resumo


Com a política habitacional brasileira, no regime militar, foram construídos conjuntos habitacionais tanto no interior do estado como na capital Fortaleza, entre eles tem-se o Conjunto Ceará. O artigo tem por objetivo apresentar a ação dessa política tendo como foco de análise o bairro Conjunto Ceará e seus aspectos enquanto lugar. Instituído como conjunto habitacional na década de 1970 tornou-se bairro em 1989 por meio de decreto municipal. Ao longo dos anos desde sua implantação alguns processos resultaram na transformação da dinâmica espacial e econômica do bairro. Pretende-se nesse texto abordar algumas dessas questões e mostrar que os moradores possuem uma relação de identidade com o bairro, caracterizando-o como um lugar. Para isso faz-se uso dos teóricos: Carlos, Corrêa, Villaça e Maricato para tratar das questões da cidade e do urbano. Já sobre o conceito lugar e todas as relações que o permeiam utilizou-se como referência Carlos. Como procedimentos operacionais foram realizados trabalhos de campo, revisão bibliográfica, elaboração de mapas, pesquisa em jornais, registros fotográficos e entrevistas com moradores do bairro.


Palavras-chave


Construção do lugar; identidade; políticas habitacionais;conjunto habitacional.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



 

 

 

Revista GeoUECE
ISSN online: 2315-028X

  Locations of visitors to this page

visitas