OS CONDOMÍNIOS FECHADOS HORIZONTAIS E AS DINÂMICAS RECENTES DA PRODUÇÃO DO ESPAÇO URBANO: BAIRRO PASSARÉ EM FORTALEZA-CE

Maria Adriana Martins dos SANTOS

Resumo


RESUMO

A partir da idéia de que o espaço é sociamente produzido e que a sociedade que o produz está marcada por profundas contradições e pela luta de classes, os temas que envolvem a desigualdade e a segregação ganham importância ímpar. Nesse sentido, nossa proposta constitui uma investigação acerca da (re)produção do espaço, gerada com a introdução dos condomínios fechados horizontais em Fortaleza. Em termos de recorte espacial, nosso esforço interpretativo parte do bairro Passaré, localizado na porção sul da Capital, por considerarmos a concentração e a diversidade desse formato residencial relevantes no quadro geral de ocorrência desses empreendimentos, na cidade. Consideramos os anos 2000 como década de expansão mais acentuada dos condomínios fechados horizontais em Fortaleza, reconhecendo, todavia, a necessidade de se buscar, em um processo histórico mais amplo, o sentido, em particular, desse fenômeno. Intentamos, portanto, compreender o sentido dessa nova dinâmica espacial. Para isso, propomonos montar um panorama explicativo dessa concentração, que permita reconhecer não só os aspectos particulares, mas também os nexos com os movimentos mais gerais de reprodução ampliada do capital e do espaço urbano fortalezense. Metodologicamente, a fase da pesquisa ocorreu pautada numa dupla abordagem, qualitativa e quantitativa, assim, foi importante, no momento da investigação, reunir informações geradas por fontes secundárias, conjugando-as às informações coletadas em campo. A fase da exposição aconteceu enquanto esforço de apresentação das contradições que produzem a realidade. Observamos que houve uma expansão do modelo nos setores sudoeste e sul da capital, chegando com bastante intensidade também nas cidades da Região Metropolitana de Fortaleza. No Passaré, os fatores relacionam-se: (a) a presença de terra urbanizada, como resultado da reserva especulativa que se beneficiou com os ganhos das lutas por moradia; (b) a posição privilegiada com o acesso a infraestruturas que facilitam o deslocamento para diversas áreas centrais da cidade; (c) a existência de elementos cênicos naturais, que se combinaram ao novo paradigma de qualidade de vida e que, portanto, incrementam os lucros dos investidores; (d) e a proximidade com uma das arenas da Copa do Mundo de Futebol, que representa a mudança no modelo de governança urbana onde se privilegia a produção de uma cidade voltada ao espetáculo. Sem isolarmos o fenômeno, podemos dizer que há uma forte relação entre essa expansão e o modelo político e econômico adotados desde a retomada da economia brasileira, nos anos 1990. Grosso modo, a concentração da propriedade privada, a especulação imobiliária, o apelo ao consumo, a desvalorização daquilo que é público, a insegurança, o anseio por distinção, a estabilização da economia, o avanço do crédito, a expansão da malha urbana e a necessidade de crescente valorização do capital são elementos explicativos centrais ao nosso objeto.

Palavras-chave: Condomínio Fechado Horizontal. Passaré. Segregação Socioespacial. Mercado Imobiliário.

Abstract

From The Idea That Space Is Socially Produced And Society That Produces It Is Marked By Profound Contradictions And Class Struggle, The Issues Involving Inequality And Socio-Spatial Segregation Get A Singular Importance. In This Sense, Our Proposal Is A Research About The (Re) Production Of Space, Generated With The Introduction Of Horizontal Closed Condominiums In Fortaleza. In Terms Of Spatial Area, Our Interpretive Effort Begins At Passaré Neighborhood, Located In The Southern Portion Of The Capital, Because We Consider Concentration And Diversity Of Those Residential Formats Relevant In The Overall Occurrence Of These Projects In The City. We Consider The 2000’s The Decade Of Stronger Expansion Of Horizontal Closed Condominiums In Fortaleza, However We Also Recognize The Need To Look At A Broader Historical Process Sense, Specially Of That Phenomenon. We Have The Intention Of Understanding The Meaning Of This New Spatial Dynamics. In Order To Get That, We Propose To Set Up An Explanatory Overview Of This Concentration That Allows Not Only Recognizing Special Aspects, But Also The Connections With The Movements For The Expanded Reproduction Of Capital And Urban Areas Of Fortaleza. Methodologically, The Research Is Based On A Dual Approach, Qualitative And Quantitative. In The Investigative Phase, We Gather Information Generated By Secondary Sources Combining Them To The Information Collected In The Field. At The Time Of Exposure, The Effort Was Made To Present The Contradictions That Produce Reality. We Observed That There Was An Expansion Of The Model In The Southwestern And Southern Sectors Of The Capital, Coming Up With Enough Intensity Also In The Cities Of Metropolitan Region Of Fortaleza. In Passaré, Factors Relate To: (A) The Presence Of Urbanized Land As A Result Of Speculative Reservation That Benefited From The Gains Of Struggles For Housing; (B) The Privileged Position With Access To Infrastructure That Facilitate The Shift To Several Central Areas Of The City; (C) The Existence Of Natural Scenic Elements That Have Combined The New Paradigm Of Life Quality And, Therefore, Increased The Investors’ Profits; (D) And The Proximity To Castelão, One Of The Arenas Of Soccer World Cup In 2014, Which Represents The Change In Urban Governance Model Where It Favors The Production Of A City That Gives Too Much Importance To Events. We Can Say That There Is A Strong Relationship Between That Expansion And The Political And Economic Model Adopted Since The Resumption Of The Brazilian Economy In The 1990’s. In Short, Concentration Of Private Property, Real Estate Speculation, Appeal For Consumption, Devaluation Of What Is Public, Insecurity, Desire For Distinction, Stabilization Of The Economy, Credit Advancement, Expansion Of The Urban Mesh And The Need For Increasing Capital Appreciation Are Central Explanatory Elements To Our Object.

Keywords: Horizontal Closed Condominium. Passaré. Socio-Spatial Segregation. Real Estate Market.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



 

 

 

Revista GeoUECE
ISSN online: 2315-028X

  Locations of visitors to this page

visitas