REGULARIZAÇÃO DA VAZÃO E SUSTENTABILIDADE DE AGROECOSSISTEMAS NO ESTUÁRIO DO RIO SÃO FRANCISCO

Cleidinilson de Jesus CUNHA

Resumo


Autor: Cleidinilson de Jesus Cunha

 

Orientadora: Profª. Drª. Lidriana de Souza Pinheiro

RESUMO

O comprometimento do equilíbrio dos ecossistemas interfere na reorganização dos sistemas produtivos (agroecossistemas) e estabelece consequências à sustentabilidade das futuras gerações. A construção de barragens e a regularização da vazão tem implicação direta no sistema hidrológico do Baixo São Francisco (BSF), com reflexos nos processos de erosão e sedimentação concebendo no contexto da relação homem-natureza novas referências com o meio, colocando em risco o modo de vida tradicional da população ribeirinha, alterando sua percepção em relação ao estuário e as relações que se estabelecem com esse espaço de vida. O principal objetivo do trabalho consistiu em estudar o impacto da regularização da vazão do rio São Francisco na sustentabilidade dos agroecossistemas do estuário e entorno, suas consequências na dinâmica ambiental e na organização socioeconômica e cultural da população local. A abordagem sistêmica, a partir da metodologia MESMIS e da avaliação das propriedades dos agroecossistemas como proposto por Conway (1983 e 1987) e Marten (1988), constituiu como importante ferramenta para a compreensão da interação dos elementos do sistema ambiental do estuário, bem como a identificação e discussão dos impactos na estrutura, funcionalidade e avaliação das propriedades (produtividade, estabilidade e equidade) dos agroecossistemas, ocupando a área de estudo 1.399,3 Km², focando os municípios de Penedo e Piaçabuçu no Estado de Alagoas e Brejo Grande, Ilha das Flores e Neópolis no Estado de Sergipe. A regularização da vazão provocou mudanças na dinâmica ambiental e elementos naturais associados, reduzindo a agrobiodiversidade, elevando níveis de salinidade, comprometendo a sustentabilidade dos agroecossistemas e a oferta de alimentos para a fauna aquática, interferindo no processo de renovação das várzeas, provocando não somente a redução de oferta do pescado, mas também aumentando a pressão sobre o ecossistema em virtude da explotação dos recursos pesqueiros. Outros fatores ainda contribuem para impactar a dinâmica ambiental, como as variadas formas de uso e ocupação do espaço representado por agroecossistemas tradicionais e de rizicultura e o uso de técnicas predatórias de pesca e captura de caranguejo.

Palavras-chave: Sustentabilidade de Agroecossistemas. Estuário do São Francisco.  Geomorfologia Fluvial.

Abstract

The involvement of the balance of ecosystems interferes with the reorganization of production systems (agroecosystems) and establishes consequences to the sustainability of future generations. The construction of dams and regularizing the flow is directly implicated in the hydrological system of the Lower São Francisco (BSF), reflected in the erosion and sedimentation conceived in the context of man-nature relationship new references with the environment, endangering the way traditional life of the local population, changing their perception of the estuary and the relationships established with this living space. The main objective of this work was to study the impact of the regularization of the São Francisco river flow on the sustainability of the estuary and surrounding agricultural ecosystems, their consequences in environmental dynamics and socioeconomic and cultural organization of the local population. The systems approach, from the MESMIS methodology and assessment of the properties of agroecosystems as proposed by Conway (1983 and 1987) and Marten (1988), was an important tool for understanding the interaction of environmental estuary system as well as the identification and discussion of impacts on the structure, function and assessment of the properties (productivity, stability and equity) of agroecosystems, occupying an area of 1399.3 square kilometers study, focusing on the cities of Penedo and Piaçabuçu in the State of Alagoas and Brejo Grande, Ilha das Flores and Neópolis in the State of Sergipe. The regularization of the flow caused changes in environmental dynamics and associated natural elements, reducing biodiversity, increasing salinity levels, compromising the sustainability of agroecosystems and food supply for aquatic fauna, interfering in the process of renewal of wetlands, not only causing fish supply reduction, but also increasing the pressure on the ecosystem due to the exploitation of fishery resources. Other factors also contribute to impact the environmental dynamics, such as various forms of use and occupation of space, represented by traditional agroecosystems and rice culture and the use of predatory techniques of fishing and catching crabs.

Keywords: Sustainable of Agroecosystems. Estuary San Francisco. Geomorphology River.


Texto completo:

XML

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



 

 

 

Revista GeoUECE
ISSN online: 2315-028X

  Locations of visitors to this page

visitas