VULNERABILIDADE À EROSÃO E MORFODINÂMICA NA SUB-BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO FIGUEIREDO, CE

Francisco Sérgio de Almeida PINHEIRO

Resumo


Autor: Francisco Sérgio de Almeida Pinheiro

 

Orientador: Prof. Dr. Fábio Perdigão Vasconcelos

RESUMO

Este estudo refere-se à dinâmica da vulnerabilidade à erosão e seus possíveis reflexos sobre o equilíbrio morfopedogenético na sub-bacia hidrográfica do rio Figueiredo. Objetivou-se saber se a utilização de informações espaçotemporais sobre o uso do solo e cobertura vegetal aplicados em modelo de determinação da vulnerabilidade à erosão, possibilita a identificação de áreas susceptíveis à instalação de processos morfodinâmicos acelerados. Para tanto, foram trabalhadas informações sobre a geologia, a geomorfologia, os solos, a intensidade pluviométrica bem como as formas de uso e cobertura vegetal referente aos anos de 1989, 2000 e 2011. O processamento dos dados foi realizado no sistema de informações geográficas SPRING/INPE através do emprego de álgebra de mapas. Foram identificados níveis de vulnerabilidade potencial e efetiva. Os níveis de vulnerabilidade potencial se mostraram predominantemente classificados como moderadamente estáveis. Para a vulnerabilidade efetiva houve predominância da classe medianamente estável/vulnerável. Os resultados obtidos se mostraram coerentes com as condições verificadas em levantamento de campo, permitindo concluir que o método aplicado foi eficiente na determinação da vulnerabilidade à erosão, podendo servir de base para estudos de planejamento e ordenamento do território.

Palavras-chave: Vulnerabilidade à erosão. Morfodinâmica. Sub-bacia hidrográfica. Semiárido. Sistema de Informações Geográficas.

Abstract

This study refers to the dynamics of vulnerability to erosion and its possible repercussions on the morpho-pedological balance in the Sub-basin of the Figueiredo river. The objective of the use of spatio-temporal information about the land use and vegetation cover applied in determining the model vulnerability to erosion, enable identification of areas susceptible to accelerated morfodinâmics process installation. Thus, were worked information on geology, geomorphology, soils, rainfall intensity as well as the forms of use and vegetation cover for the years 1989, 2000 and 2011. The data processing was carried out in the geographical information system SPRING/INPE through employment of algebra maps. Potential vulnerability levels were identified and effectively. Potential vulnerability levels have proven predominantly classified as moderately stable. For effective vulnerability there was predominance of medium-class stable/vulnerable. The results obtained were consistent with the conditions established in field survey, allowing the conclusion that the method applied was effective in determining vulnerability to erosion and can serve as a basis for land use planning.  

Keywords: Vulnerability to erosion. Morphodynamics . Sub-basin. Semi-arid. Geographic Information System.


Texto completo:

XML

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



 

 

 

Revista GeoUECE
ISSN online: 2315-028X

  Locations of visitors to this page

visitas