A INFLUÊNCIA MORFOESTRUTURAL NO DESENCADEAMENTO DE MOVIMENTOS DE MASSA NA SERRA DE URUBURETAMA, CEARÁ, BRASIL

Danielle Lopes de Sousa Lima, Abner Monteiro Nunes Cordeiro, Frederico de Holanda Bastos

Resumo


A serra de Uruburetama apresenta uma morfologia que documenta episódios de evolução morfotectônica e morfoclimática ao longo do tempo geológico. Esse maciço granitoide Neoproterozoico apresenta grande influência de controle estrutural, com linhas de falhas que representam descontinuidades do relevo, demonstrando a importância da tectônica na estruturação do embasamento da área. O presente trabalho objetiva analisar os componentes morfoestruturais do maciço de Uruburetama responsáveis por desencadear movimentos de massa. Dessa forma, foram realizados procedimentos técnico-metodológicos como: levantamentos bibliográficos e pesquisa de campo, além do uso das geotecnologias. Os resultados demonstram que os sistemas de falhas e fraturas na área de estudo, exercem importante influência no controle estrutural da drenagem e na dissecação do relevo. Desse modo, as características do relevo da área, associadas às condições naturais e às atividades socioeconômicas desenvolvidas, potencializam a ocorrência de movimentos de massa.


Palavras-chave


Geomorfologia

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



 

 

 

Revista GeoUECE
ISSN online: 2315-028X

  Locations of visitors to this page

visitas