Editorial Revista GEOUECE 2015.2

Denise Cristina Bomtempo

Resumo


A Revista do Programa de Pós-Graduação em Geografia da Universidade Estadual do Ceará – PROPGEO/UECE, completa 3 anos com a publicação do Volume 4, Número 7, seguindo os princípios norteadores deste periódico, qual seja, contribuir para a divulgação de pesquisas científicas na área de Geografia. É sempre seguindo essa premissa que apresentamos à comunidade acadêmica este novo número da Geouce. Ele conta com 10 artigos, 7 resumos de teses e 8 resumos de dissertações defendidas no PROPGEO entre julho e dezembro de 2015. Os artigos publicados revelam a ampliação do alcance da Revista, sobretudo ao apresentar resultados de pesquisas realizadas em vários estados do Brasil e até em outros países. Avança, desse modo, na sua intenção de se tornar um importante veículo de divulgação científica da produção geográfica, sempre plural e de ampla aceitação entre os pesquisadores.

Do conjunto de 10 artigos selecionados, dois possuem escopo de análise sobre a rede urbana e as cidades médias nas regiões Sul e Nordeste do Brasil, observadas a partir de vetores como o agronegócio, o comércio e os serviços modernos. O urbano também se faz presente nas discussões vinculadas ao espaço público, aos aspectos atrelados à fluidez territorial em cidades fronteiriças, e em questões atinentes ao poder político. Em todos esses casos, além de exemplos no Brasil, como o de Foz de Iguaçu/PR, são apresentadas situações também para o caso de Portugal.

Outras temáticas são enfatizadas na compreensão das dinâmicas geográficas, em especial os trabalhos que apresentam metodologias inovadoras no estudo da influência morfoestrutural no dessecamento de movimento de massas e nos processos fluviais do semiárido brasileiro, com destaque para os recortes empíricos realizados no Ceará. De igual maneira, a geografia do Rio Grande do Norte é lida a partir das interações natureza-sociedade, com ênfase nas condicionantes climáticas e na distribuição espacial das economias fundantes do estado, ou seja, a sucrocultura e a pecuária.

O Nordeste do Brasil, a partir das suas interações escalares, continua sendo o foco de análise de trabalhos que versam sobre as atividades agropecuárias desenvolvidas em pequenos municípios do estado de Alagoas. Eles apresentam situações de permanência e de mudança e são interpretados considerando inúmeros aspectos da produção do espaço, tais como, a estrutura fundiária, os agentes políticos e econômicos e os mais diversos gêneros produtivos cultivados no campo. Também segue essa linha o artigo que discorre sobre a modernização das atividades agrícolas no sertão do estado do Sergipe.

Toda essa diversidade de escalas, de processos e de dinâmicas está presente também nos resumos de teses e dissertações defendidas no PROPGEO no último semestre de 2015. Neles estão contidas, assim como nos artigos, inúmeras análises que enriquecem o debate teórico e metodológico da Geografia.

Agradecemos a todos que escolheram a Revista GEOUECE para publicarem seus trabalhos, assim como, esperamos que aqueles que a acessem tenham uma profícua leitura. Os agradecimentos se estendem aos colegas pareceristas que primam pela qualidade do que é publicado, contribuindo para a produção de uma Geografia que se dinamiza e se renova a cada dia.

 

Comissão Editorial GEOUECE,

dezembro de 2015.

 


Texto completo:

XML PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



 

 

 

Revista GeoUECE
ISSN online: 2315-028X

  Locations of visitors to this page

visitas