SEMIÁRIDO, USO E OCUPAÇÃO E DEGRADAÇÃO AMBIENTAL: O CASO DA SERRA DO ESTÊVÃO EM QUIXADÁ – CE

Rafaela Martins Leite Monteiro

Resumo


ESTA PESQUISA CONFIGURA-SE NA BUSCA PELA COMPREENSÃO E ENTENDIMENTO DO PROCESSO DE USO E OCUPAÇÃO E DAS ATUAIS CONDIÇÕES GEOAMBIENTAIS DA SERRA DO ESTÊVÃO. TEM COMO FINALIDADE ANALISAR, POR MEIO DE UMA FUNDAMENTAÇÃO GEOSSISTÊMICA, AS RELAÇÕES EXISTENTES ENTRE OS ATORES SOCIAIS E OS COMPONENTES GEOAMBIENTAIS NA SERRA, PARA DESSA FORMA TENTAR AFERIR OS REFLEXOS DA INTERAÇÃO DESSES ELEMENTOS NO MEIO AMBIENTE. LOCALIZADA NO DOMÍNIO DOS SERTÕES CENTRAIS DO ESTADO DO CEARÁ, A SERRA DO ESTÊVÃO DESTACA-SE COMO ÁREA DE EXCEÇÃO PAISAGÍSTICA E AMENIDADE CLIMÁTICA EM SEU CONTEXTO SEMIÁRIDO. A SERRA TEM SUA HISTÓRIA MARCADA PELA ATUAÇÃO DA IGREJA CATÓLICA, SENDO ESTA RESPONSÁVEL POR DIVERSOS INVESTIMENTOS E INSTALAÇÃO DE INFRAESTRUTURAS NOS FINS DO SÉCULO XIX E INÍCIO DO XX. À ATRAÇÃO DOS MEMBROS RELIGIOSOS Á SERRA ATRIBUIU-SE AS CONDIÇÕES CLIMÁTICAS MAIS AMENAS E CONSTANTES DA ÁREA. PARA CONCLUSÃO DE TODOS OS ASPECTOS PROPOSTOS COMO OBJETIVOS CENTRAIS DA PESQUISA TORNOU-SE NECESSÁRIA UMA BUSCA CONCEITUAL E METODOLÓGICA A RESPEITO DE DETERMINADOS CONCEITOS EMPREGADOS NO TRABALHO, TAIS COMO A CATEGORIA PAISAGEM, A VISÃO SISTÊMICA E, FUNDAMENTALMENTE, A ANÁLISE GEOAMBIENTAL. BUSCOU-SE TAMBÉM, EM UMA TENTATIVA DE MAIOR ABRANGÊNCIA ESCALAR, ANALISAR O PROCESSO HISTÓRICO DE PRODUÇÃO DO ESPAÇO SEMIÁRIDO E DE SEUS PRINCIPAIS ASPECTOS GEOAMBIENTAIS. VERIFICARAM-SE, NESTE CONTEXTO, QUE AS FORMAS E PROCESSOS DOMINANTES NO SEMIÁRIDO NORDESTINO TAMBÉM SE FIZERAM PRESENTES NA SERRA, COMO CONSOLIDAÇÃO DE UMA ESTRUTURA SOCIOECONÔMICA E CULTURAL ABRANGENTE A QUASE TOTALIDADE DO SEMIÁRIDO BRASILEIRO. A APLICAÇÃO DAS GEOTECNOLOGIAS SE FAZEM PRESENTES NA PESQUISA, PRINCIPALMENTE NA BUSCA PELA ANÁLISE INTEGRADA DA PAISAGEM. PELA UTILIZAÇÃO DESSAS FERRAMENTAS FOI POSSÍVEL REALIZAR A ANÁLISE DO ESTADO DE CONSERVAÇÃO DA VEGETAÇÃO, NA FERRAMENTA NDVI (VEGETAÇÃO POR DIFERENÇA NORMALIZADA). AINDA NA UTILIZAÇÃO DE TÉCNICAS DE GEOPROCESSAMENTO, BUSCOU-SE REALIZAR A DEFINIÇÃO DO USO E COBERTURA DO SOLO NA SERRA, ALÉM DA DEFINIÇÃO DE TIPOLOGIAS DE USO DO SOLO FUNDAMENTADAS PRINCIPALMENTE NA DISTRIBUIÇÃO FUNDIÁRIA.


Texto completo:

XML PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



 

 

 

Revista GeoUECE
ISSN online: 2315-028X

  Locations of visitors to this page

visitas