O PROJETO DE MICROBACIAS II E A INSERÇÃO DOS PEQUENOS CAFEICULTORES DE PARDINHO E PRATÂNIA NA CADEIA PRODUTIVA DO CAFÉ

Cristina Dos Santos Pedro

Resumo


A pesquisa tem como objetivo analisar o Projeto de Desenvolvimento Rural Sustentável Microbacias II – Acesso ao mercado (PDRS) nos Municípios de Pratânia e Pardinho, localizados no Estado de São Paulo. Os dois municípios compõem o Escritório de Desenvolvimento Rural (EDR) de Botucatu, o qual apresentou expressividade na aprovação dos planos de negócios nas cinco primeiras chamadas públicas do projeto. Tendo em vista que o café é uma commoditie agrícola, procurou-se analisar a cadeia produtiva do respectivo produto no contexto da globalização, considerando a atuação e o poder de barganha das grandes tradings no mercado. Para alcançar os objetivos pretendidos foram realizados a revisão da literatura, consulta aos dados no IBGE e Portal LUPA. Também foram realizadas entrevistas com os presidentes das duas associações, com planos de negócios aprovados pelo Microbacias II e com os técnicos executores das respectivas propostas e aplicados formulários a produtores rurais associados que participam das propostas de negócios. Averiguou-se que o circuito produtivo do café passou por um processo de regulamentação corporativa das grandes tradings e neste contexto o Projeto de Microbacias II auxiliou os pequenos cafeicultores de Pratânia e Pardinho a mitigar problemas estruturais. Contudo, ressalta-se que essa política pública não rompe com a lógica de mercado 

Palavras-chave


Projeto de Microbacias II; Políticas Públicas; Café; Cadeia Produtiva

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



 

 

 

Revista GeoUECE
ISSN online: 2315-028X

  Locations of visitors to this page

visitas