ANÁLISE DE ABORDAGENS CONCORRENTES SOBRE INDUSTRIALIZAÇÃO, TERRITÓRIO E POLÍTICAS ECONÔMICAS

Edilson Alves Pereira Júnior

Resumo


O presente trabalho objetiva discutir questões atinentes ao território e às teorias que pensam a mobilidade dos capitais a partir de diferentes linhas de interpretação, não deixando de tratar temas como as localizações das atividades econômicas; o papel do Estado como agente de conformação do ordenamento espacial e a influência das motivações políticas na formação de zonas industriais de maior articulação urbano regional. Para tanto, procura contrapor ideias de uma abordagem considerada de equilíbrio e outra pautada nos preceitos da diferenciação espacial, realizando um exercício crítico de diferenciação através de componentes apreendidos numa primeira validação empírica, qual seja, a mais recente política de industrialização no Estado do Ceará. Face aos destaques dados aos agentes concretos e aos processos estruturantes, propõe maior atenção à investigação espacial transescalar, reconhecendo a importância de se analisar o território como produto e condicionante dos processos econômicos.


Palavras-chave


Abordagens do equilíbrio e do desenvolvimento desigual; território e políticas econômicas.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



 

 

 

Revista GeoUECE
ISSN online: 2315-028X

  Locations of visitors to this page

visitas