CORRELAÇÕES ESPACIAIS ENTRE HOMICÍDIOS E CONCENTRAÇÃO DE AGLOMERADOS SUBNORMAIS EM FORTALEZA / CE / BRASIL

Cleyber Nascimento de Medeiros, Francisco Sérgio de Almeida Pinheiro, Guilherme Marques e Souza, Daniel Pinheiro

Resumo


A pesquisa teve por objetivo encontrar correlações espaciais entre a ocorrência de homicídios e a presença de aglomerados subnormais na cidade de Fortaleza, Estado do Ceará, Brasil. A hipótese é que as áreas com maior número de habitações subnormais e favelas apresentam maiores índices de homicídios. Entretanto, não se trabalhou com a hipótese de que haveria relação de causa e efeito entre homicídio e privação social, embora seja uma hipótese aceita (BATELLA; DINIZ; TEIXEIRA, 2008). Como método utiliza-se o estimador da função de densidade de Kernel (LUCAMBIO, 2008), foi possível estabelecer correlações entre dados georreferenciados dos homicídios em Fortaleza no período de janeiro a agosto de 2010 e a presença de habitações subnormais. Os resultados indicaram uma forte correlação espacial entre as variáveis analisadas. Entenda-se, entretanto, que as correlações positivas não devem ser confundidas com causa.

Palavras-Chave: Homicídios. Habitações subnormais. Função de densidade Kernel. Programa TerraView.

 


Palavras-chave


Correlações espaciais. Homicídios.Habitações subnormais. Favelas. Fortaleza.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



 

 

 

Revista GeoUECE
ISSN online: 2315-028X

  Locations of visitors to this page

visitas