APROPRIAÇÃO DA NATUREZA E PROCESSOS EROSIVOS NA REGIÃO MÉDIO SOLIMÕES – AM

João Cândido André Silva Neto, Natacha Cíntia Regina Aleixo

Resumo


Nas últimas décadas a floresta amazônica vem sofrendo um processo gradativo de desmatamento, marcado pela substituição das áreas de florestas por áreas com atividades agropecuárias. Assim, observa-se uma forte pressão nas “bordas” da Amazônia Legal, devido à frente de avanço das monoculturas de grãos, pecuária extensiva e exploração ilegal de madeira. Dessa maneira, o objetivo do presente artigo é analisar as transformações da paisagem na região do Médio Solimões e compreender suas inter-relações e influências nos processos erosivos da área. Os procedimentos metodológicos do presente trabalho estão pautados no levantamento das variáveis físico-naturais e nos processos de apropriação da natureza por meio do uso da terra. Nesse sentido, utilizou-se as geotecnologias, tais como produtos de sensoriamento remoto como imagens de satélites e softwares gratuitos para processamento dos dados. A análise possibilitou a visualização das transformações provocadas pela atuação do homem na área estudada, analisando-se variáveis com o uso da terra e a cobertura vegetal, a declividade do terreno e os tipos de solos, conforme metodologia de suscetibilidade à erosão laminar proposta por Salomão (2005). A área abordada para estudo, denominada Baixo rio Tefé, engloba parte dos municípios de Uarini, Alvarães e Tefé, nessa última enfatizou-se a análise nas adjacências de suas áreas urbanas. Quanto aos resultados obtidos, observou-se que há predominância de solos com moderada suscetibilidade à erosão laminar como os argissolos, e muito forte como os plintossolos, neossolos flúvicos e gleissolos, associados a relevo plano a suave ondulado e em menor proporção de relevo ondulado que combinados a uso da terra intenso como às áreas de desmatamento e solos exposto desencadeiam processos erosivos intensos na área estudada. Os processos que transformam e alteram as paisagens do Médio Solimões demonstraram a insuficiência das políticas de planejamento e gestão territorial, que são visualizadas no aumento de áreas desmatadas, no aumento e intensificação dos processos erosivos, oriundos de usos inadequados da terra que potencializam os problemas de ordem socioambiental na região do Médio do Solimões.

 


Palavras-chave


Apropriação da natureza, uso da terra, Sistemas de Informações Geográficas, processos erosivos.

Texto completo:

pdf

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



 

 

 

Revista GeoUECE
ISSN online: 2315-028X

  Locations of visitors to this page

visitas