Uma luta em torno da educação: analisando o movimento “Escola sem Partido” ou Escola “sem” Partido

Radamés Rogério

Resumo


O sociólogo Pierre Bourdieu já havia dito que a educação é um campo de lutas, de enfrentamentos, neste ponto não temos nenhuma novidade. Mas o que estamos vivendo nesse momento no Brasil é o acirramento do confronto em torno da educação e do trabalho docente a partir de um movimento que surge em meados de 2000 e ganha maior peso e adeptos com bandeiras como do combate ao que eles chamam de "ideologia de gênero". O livro organizado por Gaudêncio Frigotto surge numm momento muito importante onde é preciso que os educadores e a parte da sociedade contrárias a esse projeto/movimento/organização se preparem e lutem. Um livro que esclarece e nos convoca a lutar por uma educação crítica e libertadora.

Palavras-chave


Escola sem partido; Educação; Ensino básico

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


O público e o privado - Revista do PPG em Sociologia da Universidade Estadual do Ceará - UECE