Aquarius: uma investigação de aspectos foucaultianos na obra cinematográfica

Caroline Brito dos Reis, Hermano Machado Ferreira Lima

Resumo


O trabalho tem o objetivo de investigar duas temáticas presentes na obra do pensador francês Michel Foucault (1926-1984) que aparecem na produção cinematográfica Aquarius: a questão da sexualidade e da biopolítica. Para tal, partiu-se de uma análise fílmica que decompôs as principais partes da obra cinematográfica e depois foram realizadas relações entre elas a fim de perceber as discussões éticas feitas no decorrer da trama e analisá-las aos olhos do estudioso francês. A biopolítica designa a forma na qual o poder tende a utilizar práticas disciplinares que visam disciplinar a população de um determinado local por meio de coerções, as quais podem ser vistas no filme nas cenas em que a personagem Clara é intimidada de diversas formas a deixar o edifício em que mora. O tema da sexualidade pode ser observado nas cenas em que Clara explora esse lado da vida dela sem tabus, o que transgride determinados comportamentos colocados pela moral da sociedade. O filme também põe em pauta a resistência da memória face à modernização das estruturas na contemporaneidade no Brasil. 


Palavras-chave


Sexualidade; biopolítica;memória.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


O público e o privado - Revista do PPG em Sociologia da Universidade Estadual do Ceará - UECE