Implicações sociais do tratamento hemodialítico na vida de jovens com doença renal crônica

Aylana Cristina Rabelo Silva, Silse Teixeira de Freitas Lemos

Resumo


 

A doença renal é uma das patologias cujos índices vêm aumentando ao longo dos anos, ocasionando, inclusive, a elevação da quantidade de indivíduos jovens em tratamento dialítico. Parte-se da concepção de que o tratamento hemodialítico causa variações significativas na vida dos jovens, relacionadas tanto a aspectos físicos quanto psicossociais. Assim, a presente pesquisa buscou compreender as implicações sociais do tratamento hemodialítico na vida dos jovens investidos pela doença renal crônica. Trata-se de uma pesquisa exploratória de abordagem qualitativa e realizada na Unidade do Rim do Hospital Universitário da Universidade Federal do Maranhão – Unidade Presidente Dutra. A reflexão evidenciou que são significativos os impactos da hemodiálise na esfera social da vida dos jovens que possuem doença renal crônica.

Palavras-chave: Doença renal crônica. ImplicaçõesSociais. Tratamento hemodialítico.




                        

 


Palavras-chave


Doença renal crônica. Implicações Sociais. Tratamento hemodialítico.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


O público e o privado - Revista do PPG em Sociologia da Universidade Estadual do Ceará - UECE