Monitoramento da Convenção sobre a proteção e promoção da diversidade das expressões culturais: disputas conceituais em torno dos indicadores culturais

Giuliana Kauark

Resumo


Considerando que para elaboração de indicadores analíticos é crucial compreender exatamente a que ele se refere e considerando ainda que a diversidade cultural emerge na contemporaneidade como conceito jurídico e político não isento de disputa entre visões hegemônicas e contra-hegemônicas, o presente artigo pretende abordar esta problemática por meio da análise do quadro de monitoramento da Convenção de 2005 da Unesco sobre a Proteção e Promoção da Diversidade de Expressões Culturais. Na primeira parte abordaremos o tema dos indicadores de análise de políticas públicas, com destaque para os indicadores culturais. Na sequência, analisaremos o quadro de monitoramento da Convenção de 2005, proposto pela Unesco dez anos após a aprovação deste instrumento jurídico, buscando identificar as disputas conceituais em torno dos indicadores propostos.


Palavras-chave


Indicadores culturais; Diversidade cultural; Políticas públicas de cultura; Unesco

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


O público e o privado - Revista do PPG em Sociologia da Universidade Estadual do Ceará - UECE