Ação policial: nos limites plurais do sensível

Susana Soares Branco Durão

Resumo


Neste texto escrevo sobre pluralidades do sensível em ações policiais e de segurança que estão implicadas em momentos de decisão locais e contextualizadas, ainda que possam ser influenciadas por dinâmicas mais amplas. Para entender essas modalidades plurais do sensível da ação policial, a análise etnográfica é uma das ferramentas que melhor nos pode ajudar. Nesse sentido, serão analisadas três cenas do policiamento: a improvisação de uma detenção, um despejo e institucionalização de pessoas e, por fim, disputas na segurança universitária. Defendo que o trabalho coletivo das emoções em jogo no policiamento depende de ações que estão sempre, de algum modo, nos limites do sensível.

palavras-chave: trabalho policial, segurança universitária, sensível, político, violência

abstract

In this article I dwell on the pluralities of the sensitive in police and security actions that are implicated in local and contextualized decision moments, even though they may be influenced by broader dynamics. ethnographic analysis is one of the tools that can best help us To understand these plural modalities of the sensitive of police action. In this sense, three scenes of policing will be analyzed: the improvisation of an arrest, an eviction and institutionalization of people and, at last, disputes in university security. I argue that the collective work of the emotions at play in policing depends on actions that are always somehow within the limits of the sensible.

Key words: police work, university security, sensitive, political, violence


Palavras-chave


trabalho policial, segurança universitária, sensível, político, violência

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


O público e o privado - Revista do PPG em Sociologia da Universidade Estadual do Ceará - UECE