PSAI - PROGRAMA SENAI DE AÇÕES INCLUSIVAS - FOCO NA PROFISSIONALIZAÇÃO DAS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA NO SENAI-CE NOS ANOS 2014 A 2015

Antonia Angélica Fernandes de Oliveira Sousa, Francisco Horácio da Silva Frota

Resumo


A profissionalização das pessoas com deficiências no SENAI-Ceará nos anos de 2014 a 2015, ofertada através do Programa de Ações Inclusivas (PSAI) da instituição supracitada é a temática desse artigo. O objetivo do estudo foi analisar como o SENAI-Ce oferece qualificação profissional às pessoas com deficiências. Para isso, buscou-se constituir o perfil socioeconômico da turma pesquisada, analisando a satisfação dos formados, a qualidade das formações, o quantitativo de pessoas formadas, quais deficiências foram mais atendidas e em quais cursos nos referidos anos. O método analítico usado foi o estudo de caso, com o uso de pesquisa qualitativa e quantitativa de maneira aplicada, exploratória e descritiva, fazendo uso dos instrumentos entrevista semiestruturada, questionário, observações diretas, documentos, dados estatísticos e banco de dados. A pesquisa aconteceu com os segmentos aluno, supervisor e instituição. O universo da pesquisa foi uma amostra de 13 alunos do curso Assistente Administrativo da modalidade de qualificação profissional básica, iniciação profissional – aprendizagem industrial. Os resultados alcançados na pesquisa mostraram que o SENAI-Ce formou 342 pessoas com deficiências nos anos de 2014 a 2015 nos cursos de Calçados e Assistente Administrativo, na modalidade Aprendizagem Industrial, com um nível de qualidade e satisfação dentro dos padrões aceitáveis pelo mercado de trabalho, mas a infraestrutura, em termos de acessibilidade, precisa ser melhorada, para assim, aumentar as possibilidades de adicionar um contingente de pessoas com deficiências qualificadas para o mercado de trabalho.


Palavras-chave


Profissionalização; Pessoa com deficiência; Qualificação profissional; Aprendizagem industrial.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.